Sforum

sexualide


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Descubra 5 factores que causam aumento de peso

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Descubra 5 factores que causam aumento de peso em Sex Abr 02, 2010 12:23 pm

Não é nenhum mistério que uma dieta cheia de alimentos fritos, em grandes porções, sobremesas, álcool e refrigerantes açucarados levará ao aumento de peso.

E há uma pequena questão que é porque razão é que os ponteiros da balança sobem, quando ingerimos mais calorias do que as que gastamos na actividade física, mas a esta questão todos nós sabemos responder, não existem milagres!

Mas como explica o aumento de peso quando a sua vida inclui o exercício regular e uma dieta saudável, que é controlado em calorias? Ganhar peso é absolutamente enlouquecedor, especialmente quando não entende realmente porque o ponteiro tende em subir quando está a fazer tudo para que ele desça.

Existem vários factores a ter em conta, se está a ganhar peso ao mesmo tempo que sabe que as calorias estão a ser consumidas. O mais provável, é existirem várias factores a trabalhar em conjunto que resultaram no seu aumento de peso.

O aumento de peso é muito complicado, existem inúmeros factores que podem ter impacto no seu peso. Existe uma maior probabilidade de existir um conjunto de factores do que apenas um a contribuir para o seu aumento de peso.

Vamos dar-lhe a conhecer cinco factores que podem ser a causa de ganhar peso sem se dar conta.


1. Pode ganhar peso por dormir pouco.

O organismo funciona melhor quando tem descanso. Quando não dorme o suficiente, o seu corpo irá sofrer de stress fisiológico e, bioquímicamente, irá armazenar mais gordura.

Quando está cansada, não consegue controlar o stress, então pode agarrar-se à comida como um mecanismo de refúgio. Além disso, pode recorrer a pequenos lanches noturnos que são, quase sempre, um excesso calórico. Algumas pessoas pensam que comer pode ajudá-las a voltar a dormir, mas o que realmente faz é adicionar mais calorias ao seu total diário.

Os sintomas de que não está a ter descanso suficiente são a fadiga, baixo nível de energia, falta de concentração e irritabilidade.

Esforce-se por dormir oito horas por noite.

Vá adicionando cerca de 15 minutos à sua noite de sono a veja como se sente. Continue a experiência e vá adicionando gradualmente 15 minutos de cada vez até encontrar a quantidade de sono ideal.

Quando conseguir desenvolver bons rituais de sono aliado ao exercício físico regular, vai dormir muito melhor!


2. Pode ganhar peso devido ao stress.

Vivemos numa sociedade que exige fazer mais, ser mais, e conseguir mais. O stress faz-nos seguir em frente e ajuda-nos a lidar com as exigências da vida, mas também afecta o nosso humor e as nossas emoções.

Lidar com demasiadas responsabilidades ou com as pressões financeiras, desencadeia um processo bioquímico em que os nossos corpos entram em modo de sobrevivência. O nosso corpo armazena combustível, metabolismo mais lento, e liberta produtos químicos (cortisol, leptina e outras hormonas), que são mais susceptíveis de causar obesidade na região abdominal.

Muitas pessoas refugiam-se na comida para ajudar a aliviar o stress. Mas, evidentemente, que isto não funciona a longo prazo.

A alimentação é uma correcção temporária, uma vez que não lidam com a verdadeira tensão que deve ser abordada, a fim de reduzir o impulso para comer e resolver o verdadeiro problema.

Aquelas pessoas que comem sob stress tendem a preferir alimentos com altos níveis de hidratos de carbono, pois esses alimentos desencadeiam um aumento químico no cérebro de serotonina, que tem um efeito calmante. É quase como uma auto-medicação.

Os nutricionistas recomendam para estes casos, que estas pessoas recorram a técnicas de relaxamento, bem como ao exercício físico, que além de queimar calorias oferece outros benefícios à saúde.

3. Pode estar a ganhar peso devido a medicamentos.

Alguns medicamentos usados no tratamento da depressão, transtornos de humor, convulsões, enxaquecas, tensão arterial e diabetes podem causar aumento de peso, a partir de um número modesto para tanto como 10 quilos por mês. Alguns esteróides, Terapia de Reposição Hormonal, e mesmo contraceptivos orais também podem causar um aumento gradual do seu peso. O seu armário de remédios pode ser a causa de seu peso se ganha 5 ou mais quilos num mês sem que tenha tido uma mudança no seu estilo de vida.

Cada droga funciona de uma forma um pouco diferente para que cause aumento de peso, desde o aumento do apetite, alterando a forma de como a gordura é armazenada até à forma em os níveis de insulina mudam. E nem todos os medicamentos têm os mesmos efeitos colaterais sobre todas as pessoas.

No caso dos antidepressivos, o aumento de peso pode não estar relacionado à acção da droga - pois a pessoa ao sentir-se melhor, também pode ter um decréscimo de apetite. Alguns medicamentos podem causar retenção de líquidos que aparece na balança como um aumento de peso, mas não está gorda, e normalmente é facilmente corrigido.


Especialistas dizem que alguns dos tipos mais comuns de medicamentos que podem causar aumento de peso são:

Esteróides
Antidepressivos
Antipsicóticos
Medicação para Diabetes
Medicação para tensão arterial alta
(Entre outros...)

Contudo, é importante lembrar que uns quilos a mais podem valer a pena no que diz respeito à sua saúde, se for a comparar o que uma medicação específica pode fazer pela sua saúde em geral, dizem os especialistas. Além disso, mesmo se a sua medicação for a causa do seu aumento de peso, precisa ser consciente e optar por uma dieta saudável e exercício físico regular.

Se suspeitar que a sua medicação está a ser a causa do seu aumento de peso, fale com o seu médico para verem em conjunto as possibilidades de mudar a sua receita. Mas o que quer que faça, não altere a sua medicação sem uma orientação médica.
Podem decorrer consequências muito graves se parar de tomar a sua medicação sem consultar o seu médico.



4. Pode estar a ganhar peso devido a uma condição médica

A doença mais comum que pode provocar aumento de peso é hipotireoidismo (distúrbios da tireóide). A deficiência da hormona tireoideana pode diminuir o metabolismo, causando perda de apetite e aumento de peso.

Se estiver sentir-se cansada, sonolenta, inchada, com voz rouca, intolerante ao frio, dormir demais, ou dores de cabeça, deve consultar o seu médico para um simples teste para determinar se sofre hipotireoidismo.

Muito mais rara é uma condição conhecida como síndrome de Cushing - uma desordem causada por excesso de cortisol - que também pode resultar num aumento de peso.



5. Pode estar a ganhar peso devido a Menopausa

Mulheres na menopausa atingem um intervalo de idades, mas a maioria está na meia idade e muitas vezes são menos activas do que quando eram mais jovens. Junto com o envelhecimento vem uma desaceleração natural do metabolismo. Ao mesmo tempo, as alterações hormonais podem desencadear fome, depressão e deficiências no sono.

Quando as mulheres passam pela menopausa, perdem estrógeno, causando uma mudança nas suas formas - geralmente uma perda de peso, anca e coxa e começam a acumular mais gordura no abdómen. O estrógeno favorece a deposição de gordura na parte inferior do corpo, e quando perdemos esta hormona, a gordura tende a ser depositada na barriga (tal como os homens).

A chave para evitar esta gordura extra na barriga é manter e aumentar a quantidade de massa magra, o que, por sua vez, aumenta o seu metabolismo e ajuda a queimar calorias.

As mulheres precisam de compreender a importância da musculação na sua saúde. E não se preocupe, fazer musculação não implica ficar com um corpo exageradamente musculoso, dizem os especialistas.

O exercício também ajuda a compensar a perda óssea que pode vir com a menopausa. Uma combinação de exercício e uma dieta saudável, calorias controladas por uma dieta rica em cálcio e vitamina D é a resposta para controlar o aumento de peso provocado pela menopausa.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum